5 comentários:

ana p disse...

Lembrei-me de um pequeno poema

"continuo sem perceber
porquê azul"

Rosa Oliveira (Cinza)

mas percebo..é muito bonito... acho que um destes dias a "roubo"

S disse...

ana,

neste momento não há cor que transmita mais o que sinto.

rouba, rouba... já sabes que não me importo nada!
:)

Maria Eu disse...

O meu carro não é azul, mas sinto-me ao volante deste.

Beijos, Sónia :)

Rui disse...

azul, cinzento, verde

https://www.youtube.com/watch?v=xu_2VwFzQZQ

S disse...

Maria,
Este é um belo carro e antigo.
Beijinho


Rui,
:))