a espera


Estava sentada a aproveitar a sombra quando ele me chamou a atenção. Parecia esperar alguém, enquanto fumava um cigarro, com o seu ar pensativo. Não resisti a fotografá-lo.
No mesmo instante, uma rapariga chegou. O olhar dele iluminou-se, levantando-se de imediato e indo ao seu encontro. Apontei de novo a máquina, mas desta vez não disparei, limitando-me a apreciar com um sorriso, um casal apaixonado.

9 comentários:

Rui disse...

Os cascos ecoaram no lioz levantando, atrás de si, um pequeno manto calcário. Trotou com alguma dificuldade pelos degraus que a separavam dele e, ao chegar junto, relinchou com quantos dentes tem. Assustado e também de boca escancarada, o cigarro caiu-lhe da boca. Quis fugir, mas as forças não tinham esperado e já tinham abandonado a cena. Com um movimento de ancas, o equídeo fez cair uma mochila aos pés do rapaz. Era uma Eastpack, modelo Savana, cor-de-pele.
- Gostas? - perguntou o animal.
- Er... eu...
- É feita de pele se turista.
- Er...
- Para a próxima, antes de comprares uma mochila, põe a mão na consciência. Diz não às peles.

ss disse...

Bem aparecido, Rui. Assim já não te entupo o livro com mil reclamações de ausência... escapaste de boa!
:)

Rui disse...

ainda tenho de vencer a montanha de papel que se formou na minha ausência. felizmente, há um edmund hillary em cada um de nós.

:)

ss disse...

então chega ao topo rapidamente e com algum fôlego para bloggar!

:)

legivel disse...

... bela história essa: a de fotografar rapazes pensativos e fumadores. Da rapariga e da pasixão, só com provas irrefutáveis. Da mochila o Rui* já disse tudo...


*Parece-me mais animadito.

:)))

ss disse...

legivel,
o Rui andava desaparecido em combate, mas agora que está de volta, de certeza que o "Rocky" que existe nele vai voltar à tona.
:))

(só com provas irrefutáveis?...terei notado uma certa descrença no amor, ou é mesmo na minha capacidade de avaliação? hehehehehe)

Rui disse...

legível e ss,

animadito, pois claro, tem de ser, ou não existisse um rambo em mim, a carregar o rocky, montanha acima, atrás do sir hillary...

:)

legivel disse...

ss

Ver para crer como São Tomé. Amen.

rui

Acho que alcancei a metáfora/analógica...

epee disse...

E você consegue! Há quem não consiga, nem por imagens.

Há algum tempo observo essa fotografia, numa cumplicidade qualquer, acho. É como assistir a um filme... enquanto a legenda aparece, o casal apaixonado, sela no beijo o 'the end', enchendo nossos olhos de lágrimas... de contentamento, porque o amor se fez no encontro e na felicidade... no sorriso!




!@
E não seria esse mesmo o objetivo da 'objetiva'?
Sim, você o faz, além da técnica, com perfeição!