Desnudo soñando una noche solar.
He yacido días animales.
El viento y la lluvia me borraron
como a un fuego, como a un poema
escrito en un muro.

Alejandra Pizarnik

8 comentários:

Maria Eu disse...

Perfeito.

Um beijo, Sónia :)

S disse...

obrigada Maria,
um beijinho
:)

ana p disse...

Gosto tanto
Bj Sonia

S disse...

ana,
obrigada!

sabes que esta semana, quase publiquei algo ao mesmo tempo que tu com o mesmo texto!?daquelas coincidências...
:)

um beijinho

ana p disse...

:) um poema
gostamos dos mesmos

Bj

S disse...

é por aí, sim!
bjinho

pedrodamião disse...

projecção de cenas religiosas em corpo de pecado?!
(estou a brincar). gostei bastante!

S disse...

é mais ou menos isso Pedro!
;)

obrigada