entrou-me uma coruja branca pelo coração adentro, piando,
estou tão sozinha,
e eu deixei-a ficar.
uma coruja não mente

e dá-me jeito ter com quem falar.

(daqui)

4 comentários:

via disse...

Bonito isto, miragens.

Mam'Zelle Moustache disse...

Adoro. :)

flor disse...

a combinação ficou perfeita. a cor, os olhos, a solidão.
obrigada.

Maria Eu disse...

Olhos como pássaros...