e o teu silêncio acossa as minhas horas perseguidas



título a partir de um poema de Pablo Neruda 



2 comentários:

Ana P disse...

"Assim em horas profundas sobre os campos eu vi
dobrarem-se as espigas na boca do vento"

Como sempre muito bonito,S
Bj

S disse...

Obrigada Ana,
um beijinho
:)