Na busca de mim própria e na procura de um equilíbrio para a solidão, tenho tirado centenas de fotos que, na sua maioria, não vêem a luz do dia. Algumas são publicadas, outras ficam simplesmente guardadas, talvez à espera de melhores dias ou de um sentido mais claro.
O projecto ’after hours’ nasceu numa dessas noites em que as coisas têm, de algum modo, que fazer sentido; noites em que a dor necessita ser expurgada e libertada.
Entre dezenas de fotos dos meus devaneios nocturnos que tenho selecionadas, algumas permanecerão pendentes, pois ainda estou indecisa se as incluo neste projecto; por enquanto, o caminho vai sendo percorrido aos poucos, passo a passo…

10 comentários:

paulo kellerman disse...

baque :)

S disse...

Paulo,
caíste do carrossel?
Olha que eu não pago indemnizações!
;)

pedrodamião disse...

venham daí essas todas!

S disse...

pedrodamião,
a seu tempo, a seu tempo... há muita coisa para gerir primeiro!
obrigada pela visita.

R. disse...

eu que costumo ser um visitante silencioso não posso deixar de dizer: gostei tanto do abandono do sinal a comunicar que o chão está molhado ao olvido dos passos
(já que o quebrei, parabens!)

S disse...

R.
Ainda bem que quebrou o silêncio, é sempre bom saber que alcançamos alguém.
Um pormenor desta foto muito importante para mim!
Obrigada pela visita
:)

pedro b disse...

as outras não sei, mas esta gosto bem. não duvido que tenham todas valor para fazer parte de uma seleccção mais restrita, mas hey, vai mostrando aquelas que não tens dúvidas. as restantes, com o tempo, dir-te-ão o que fazer com elas ;)


(tem sido esta a minha técnica...)

S disse...

pedro b,
algumas (poucas) já podes lá ir ver.
Depois diz-me o que achaste, já sabes!

bv

:)

p disse...

todas, mas as três últimas, em especial a última, gosto bem!
não é inveja, não se deve confundir, mas gostava de ter fotografias assim, que falam com quem as vê como se contassem uma história.
e se as que estão ainda por publicar forem tão boas como as que já lá estão, então, por favor, não hesites ;)

S disse...

p,
O teu flickr cresce diariamente em quantidade e em qualidade.
Sei que, como eu, és muito crítico em relação a tudo, mas é bom ver-te evoluir assim.
Essa China deixa-te os olhos em bico... mas para melhor!
;)