Diary #2


Em viagem muitos quilómetros a norte, deparo-me com uma paisagem nova, escandalosamente escurainebriante na sua frieza. Tão ao meu gosto, estas cidades que viram nascer a revolução industrial: ruas sujas e escuras, onde o lado mais feio da humanidade nos surpreende a toda a hora; ruas tão diferentes das que cruzo diariamente.

3 comentários:

Maria Eu disse...

Sempre o lado escuro. Ainda te surpreende?

Belas, as fotos, como é hábito!

Beijinhos Marianos, S! :)

S disse...

Maria,
:))

beijinhos

je suis...noir disse...

Já estou como a Maria :)

*