Corria pelo prado com as crinas ao vento… veloz como nenhum outro alguma vez visto! Nos filmes de cowboys o herói é sempre o pistoleiro, nunca o fiel companheiro que o leva em direcção ao pôr-do-sol… Por isso corria como quem corre mais depressa que o tempo e a vontade.
Viu-se de repente rodeado de gente estranha… seriam índios apache ou simplesmente estranhos amistosos?
Virou-se então para mim e perguntou:
- A tua máscara?
Apontei-lhe a máquina fotográfica e sorri.

17 comentários:

Atena disse...

E que máscara tão funcional. ;)

Pedro Ponte disse...

Sempre gostei muito mais do Jolly Jumper do que do senhor LL! :)

Crissant disse...

A câmera o fez prisioneiro.
Bjos.

mfc disse...

E que clic magnífico que tiveste de volta!

Depois de uns tempos de forçada ausência... cá estamos de novo!
beijos,

ss disse...

Atena,
é o que me separa do abismo dia após dia.
bjs grandes


Sr. Ponte,
foi bd que nunca apreciei muito.Mas concordo contigo num ponto mais vale um cavalo que uma besta armado em herói!

Crissant,
bjs e obrigada pela visita

mfc,
é preciso é voltar se houver vontade!
beijos
:)

Rute disse...

que cara tão linda, que expressão tão encantadora...e a fotografia está espectacular, como sempre.

1 beijinho e 1 bom fim-de-semana:)

ss disse...

obrigada Rute. Um bom fim de semana também para ti!
:)

Anónimo disse...

E que belo "tiro" que tu lhe deste... ;)
Beijinhos.

Mãe Gomes

Baudolino disse...

Ainda está com cara de ponto de interrogação... Às vezes, 'mudar de mundo' exige coragem. Ele teve, lá perguntou. E estiveste à altura na resposta.

ss disse...

Mãe Gomes,
a ver se esta semana nos encontramos.
bjs para os filhotes
:)



é verdade Paulo, mudar de mundo pode ser das experiências mais dolorosas que podemos ter.

(achei giro comentares precisamente esta foto, uma vez que estive quase, quase, a propor-te uma parceria imagem/texto, mas depois perdi a coragem!)
bjs

Baudolino disse...

Não percas então a coragem em próxima ocasião! Posso também propor parceria? (ao colocar assim a questão percebo que tenhas perdido a coragem. parece que se poderá estar a condicionar a esponteneidade do outro. não será assim!)

ss disse...

bom, o máximo que posso fazer é tentar estar à altura da coisa quando o momento se proporcionar.
:))

João Mourão disse...

E pronto. Cá está. Bem hajas, porque o panorama fotográfico anda mesmo em baixo de forma. A começar por mim, sempre.
(quase que me arrancaste umas lágrimas)

ss disse...

João,
Acho que anda tudo em baixo de forma, de tal maneira que se torna contagiante a falta de esperança no futuro.
Da minha parte posso dizer que sou uma visitante assídua do teu bom trabalho.
beijos

Alberto Oliveira disse...

... um western do século XXI; sem pistoleiros, saloons de má fama, xerifs manhosos ou indios chacinados. Apenas uma criança ingenuamente desarmada perante uma contadora de histórias fotográficas.

:)

via disse...

Fantástico, como já nos habituaste!

ss disse...

Alberto,
há um xerif manhoso a aprisionar palavras pelo teu blog de certeza!
Já é a segunda vez que lá vou deixar comentário e nada!
:)


via,
obrigada pela simpatia.
:)