Dream girl, dream

O anoitecer entrava pela janela e, com a testa contra a vidraça, de olhos fechados, tentava prolongar aquela sensação. Sentados no chão do meu jardim secreto acendias mais um cigarro e passavas-mo para os lábios enquanto me sussurravas que ainda eras meu e que não tínhamos de viver aprisionados nos nossos sonhos.

35 comentários:

gonçal∅ incendiàrio disse...

amo muito isto! Muito!

Joao Mourao disse...

Olá Sónia. Obrigado pelos teus comentários, sao muito gentis. A tua fotografia é do mais original que anda aqui pela net, e em portugues. Admiro muito o teu trabalho. Mesmo muito.

ss disse...

Gonçalo,
:))


João,
Não é gentileza, as tuas fotos são muito boas e consegues surpreender com o tema mais comum, por vezes coisas que passam despercebidas à maioria das pessoas revelando uma pessoa atenta ao que o rodeia e ao pormenor. Isso agrada-me.
bjs e obrigada pela visita

Baudolino disse...

como provam as palavras iniciais, estas fotos são uma excelente ignição para narrativas, mapas, roteiros de palavras destiladas, reduzidas à sua existência mais concentrada. Para demorar, como tantas e tantas vezes.

Anónimo disse...

Sou completamente fã das tuas fotografias e das composições que com elas fazes. Muitos parabéns! Continua, fico sempre desejosa de ver o que vem a seguir... Bjs MG

Panurgo disse...

Onde é isto?

ss disse...

Paulo,
As palavras, da minha parte, são tiradas quase a saca-rolhas. Gostava de me saber expressar como tu através delas.
bjs


MG,
obrigada pelo comentário e pela visita.
:)


Panurgo,
Fica no Jardim Botânico Tropical e infelizmente muito mal tratado... pelo menos do meu ponto de vista!

Mauricio Sapata disse...

Obrigado...
Adorei esta segunda foto...

Calexico disse...

Una disculpa si no te visito muy seguido, estos últimos meses han estado muy cargados de trabajo.

Me gustaron mucho tus fotos, ese jardín parece algo abandonado. Tiene un aspecto fantasmal. Me gusta, aunque parte de mi gusto es que tengo una inclinación hacia imágenes de casas abandonadas.

Besos desde México.

P.D. Por cierto amé tu nueva foto de perfil. :)

Laura Ferreira disse...

Belíssimo.

ss disse...

oh Mauricio... esqueço-me sempre que posso comentar em Português...
bjs
:)


Laura,
obrigada.
:)


Calexico,
Já vi que sim, tens andado numa actividade louca! Está realmente muito abandonado sendo por isso tão apelativo!
Gostaste? Ainda bem... Já estava na hora de mudar, a outra tinha já 3 anos!
bjs de Lisboa para esse País que eu tanto gosto!
:)

mfc disse...

Uma decadência estranhamente sedutora...!

Mayte Piera disse...

Bellísima entrada!!
La primera foto me parece espectacular...

via disse...

ss isto é lindíssimo e não há mais nada para dizer, estás cada vez melhor!!

ss disse...

mfc,
sim...

mayte,
obrigada.
:))

via,
obrigada pela simpatia, nem sei que dizer.
:)

Pedro Ponte disse...

... para além de fotografar a menina SS também escreve! :)

Força-me a citar Pitágoras: Se o que tens a dizer não é melhor do que o silêncio então... cala-te!...

calar-me-ei perante estas fotos... simplesmente lindo! :)

ss disse...

Sr. Ponte,
parece que sim, de vez em quando, lá sai qualquer coisa do fundo da alma. Se bem que tens razão, na maioria das vezes deveria era estar calada...

(obrigada pelo comentário ás fotos)

Panurgo disse...

Ah o Jardim Botânico. Nunca lá fui. Nunca gostei de ir para esses lados da cidade. Parece-me tudo morto.

ss disse...

Pois... deve ser dos ares fora de prazo de uma certa residência oficial!

Fernando disse...

me encanta la primera foto y me encanta haber descubierto tu blog. Ya tienes otro seguidor fiel.

UIFPW08 disse...

Linda foto parabens.
Morris

Sergio DS disse...

Grandes fotos, muy bien captada la luz.

ss disse...

Fernando,
:)

Morris e Sergio,
obrigada.
:)

Atena disse...

"Our revels now are ended. These our actors,
As I foretold you, were all spirits, and
Are melted into air, into thin air:
And like the baseless fabric of this vision,
The cloud-capp'd tow'rs, the gorgeous palaces,
The solemn temples, the great globe itself,
Yea, all which it inherit, shall dissolve,
And, like this insubstantial pageant faded,
Leave not a rack behind. We are such stuff
As dreams are made on; and our little life
Is rounded with a sleep."

ss disse...

amiga, andamos sintonizadas!
se soubesses... andei com este texto para cima e para baixo toda a semana!
:)

Atena disse...

Foram os ventos transmontanos que trouxeram os meus pensamentos até Lisboa. ;)

Rute disse...

Sónia, já sabes como admiro as tuas fotos...e cá estão mais duas extraordinárias, com uma preferência grande pela 1ª. Também escreves muitíssimo bem e assim criaste um post excelente.Grande momento!

* Vou voltar sempre que puder:)

1 beijinho

ss disse...

Rute,
muito obrigada pela visita, até porque andas muito ocupada. Espero que essa tese esteja a correr bem.
um beijinho

:)

Alberto Oliveira disse...

... muito bem! Óptimo início para o guião de um filme a estrear próximo de mim.

ss disse...

Olá Alberto,
seja bem aparecido. Já vi que temos blog novo, por isso o outro andava tão parado...
Logo já vou por lá cuscar!

:)

Mam'Zelle Moustache disse...

É a 1ª vez que passo por aqui. (Desde já, obrigada por me teres vindo buscar ;) ) E adoro o que, por aqui, vejo. As tuas fotos são qualquer coisa!
Também adoro fotografar, mas sou uma simples amadora que fica deslumbrada com o talento dos profissionais.

Beijinhos :)

ss disse...

Mam'Zelle Moustache,
és sempre bem vinda!

:)

alberto cabero fotografia disse...

absolutamente maravillosas !!!!
genial sonia!!!

sónia silva disse...

alberto, muito obrigada.
:))

Paranoiasnfm disse...

Adorei!