O trânsito era caótico, todos passavam e apitavam ao mesmo tempo. Encontrava-me num transporte a caminho do Aeroporto. Olhava uma última vez para aquela cidade imensa, quando reparei nele. Dirigia-se calmamente por entre a confusão para o único local onde não havia veículos ou pessoas, a rotunda daquela imensa praça. Fiquei a vê-lo passar lentamente com os seus cafés em modo equilibrista. Era de certeza algo que estava habituado a fazer diariamente.

5 comentários:

nina disse...

Por favor, um para esta mesa. shúcran?

ss disse...

Afwan, nina.
:)

Pedro Ponte disse...

grande foto sim senhor... pelo ar dele também estava habituado a ser fotografado apesar de ter cara de poucos amigos! hehehe

via disse...

gosto da luz, do grão e do café. que cidade é essa?

ss disse...

Via,
é a cidade do Cairo.
:)