Sinto-me como um anjo, ao qual foi negado o paraíso. Mas tu puxas-me da escuridão para a luz. Obrigas-me a esse mergulho, no mais longo e luminoso dos dias. O hábito da obscuridade é grande, e a luminosidade fere-me os olhos. Mas é uma questão de tempo até me habituar a viver na claridade outra vez.

7 comentários:

Balaphoto disse...

Great pictures!! Salut!!

Frank, Barcelona

http://balapertotarreu.blogspot.com

lara disse...

la luz...

ss disse...

Balaphoto,
Great city, Barcelona.
:)

lara,
a luz e a escuridão.
Dois opostos que se complementam.

eugenio vega disse...

great photo, great atmosphere

ss disse...

thanks, eugenio vega.
:)

the dear Zé disse...

e há sempre óculos de sol... (just in case)

ss disse...

the dear zé,
andam sempre comigo...'just in case'.
;)